artes do Tom, gracinhas do tom, Tomás

Tomás em números e fatos

Tomás continua resistindo ao sono, mas já dorme uma sequência de seis horas seguidas, várias noites na semana.

Tomás já “acorda alegre como o dia, oferecendo beijos de amor”*. Definitivamente, não saiu à genitora.

Tomás é muito bom de garfo, mas é capaz de arremessar muito longe alimentos que não gosta.

Tomás se interessa muito pelo prato alheio, e geralmente quer comer sempre o que não está no dele.

Tomás já fala muita coisa. As palavras que mais gosto são moganguinho (moranguinho), copocó (pocotó = cavalo), lupila (Curupira), e giz de cera, cuja transcrição eu vou ficar devendo.

Tomás aprendeu a falar o próprio nome. Ele se auto-denomina Momás. E a vontade de morder, pra onde vai?

Tomás já forma pequenas frases, como por exemplo, Mamãe pega Momás, Momás mimiu chão, e outras mais, no mesmo estilo.

Tomás papagaia o que ouve, geralmente a última palavra. Outro dia me deparei com um longo e sonoro bosta, como eco do que eu, segundos antes, havia dito.

Tomás brincando, algumas vezes, cantarola oda, oda, pé, pé, pé, ou qualquer outra musiquinha.

Tomás adora livros e histórias. Mas os livros precisam ser lidos de novo, e de novo, e de novo…

Tomás pode chegar à exaustão (dos pais) quando quer alguma coisa. Por exemplo, pode repetir, ad infinitum, abi, abi, abi, abi, quando quer que uma porta, ou qualquer outra coisa seja aberta. O volume do pedido é diretamnete proporcional à sua paciência, ou seja, quanto mais impaciente, mais alta sua petição.

Tomás alucina, a ponto de quase perder o fôlego, quando vê carros e/ou motos. E eu achava que a sociedade fabricasse tais gostos.

Tomás é estratosfericamente amado.

Tomás só conhece o feminino, a mamãe, a papai, e por aí vai. Sorry, Tomás, mas muito em breve se descortinará um mundo, no qual, além do masculino, existe o neutro. Alemão, pra quê mais um?

Tivesse Tomás nascido de útero alemão, talvez não tivesse tanta predileção por alguns rótulos germânicos. A saber, Brezel, batatas, salsicha** e cerveja.

Tomás anda (contra minha vontade) customizando paredes e alguns móveis da casa. Além de já ter customizado o chão.

Tomás quando contrariado tem a braveza de mil leões.

Tomás quando ri tem o brilho de mil Sóis.

Tomás anda assim… uma delícia.

Tomás conta com sete dentes na boca.

Tomás tem cachos. Muitos cachos.

Tomás chegará aos dezenove meses sem um único dia de feiúra (palavra de mãe).

Tomás tem oitenta e tantos centímetros de pura agilidade e desenvoltura para as maiores sapequices.

Tomás tem doze quilos e tchentos gramas da mais absoluta gostosura.

Tomás tem, sobre todas as coisas, uma mãe muito, muito modesta.

********************

* Da canção A Felicidade de Tom Jobim.

** Sobre a salsicha, eu achei melhor esclarecer, antes que me denunciassem para a Sociedade das Mães Perfeitas que Nunca dão Porcarias aos Filhos, que salsicha na Alemanha é diferente de tudo que conhecemos como salsicha no Brasil. Na Alemanha é possível comprar salsicha de origem orgânica, de outras carnes que não seja a suína, de produtores locais, feitas de modo artesanal e super frescas. Ainda assim, é uma vez na vida e outra na morte. Mas que o bichinho gosta, isso ele gosta.

Celi, lembrei muito de você e do seu Momas!

Anúncios

16 thoughts on “Tomás em números e fatos”

  1. Ahhh minha amiga Gabriela amei que fez referência a minha pessoa. Hupiiiii…rs rs rs Pareço uma criança, mas é tão boa essa amizade que estabelecemos online e, futuramente, que será ao vivo e a cores. Né, D. Gabriela? rs
    Como gosto da maneira como escreve. Fez um registro tão bacana dos marcos e conquistas do Momás. Por sinal, super chará do meu filho, hein. Já imaginou os dois juntos!
    Agora, quando finalizará o email, hein! Posso continuar esperando? rs
    Beijos querida e espero que esteja tudo bem.

    Curtir

  2. Gabi, que gostoso!! O Henri também anda assim nessa fase papagaiola (repete tudo). O abi, abi, abi é assim mesmo, igualzinho…. fica doido se a gente não abre o que ele quer. Também tem se ligado bastante nos carros e motos.
    Bom demais!!!
    Beijão

    Curtir

  3. Gabi, to boba, como ele cresceu! E esses cachos? Liiiiiindo! Menina, to achando que Lily tem tudo pra ser parecida com ele. Pois como é brava e sorridente!

    E sobre os carros, eu tb achava, mas vi com o Nic que foi dele mesmo. Jamais estimulamos. Bizarro, né?

    Beijos!

    Curtir

  4. Pode esperar pelo e-mail, Celi! Com João em casa, eu consigo terminar.
    Você foi, com certeza, uma das melhores coisas que esse mundo dos blogs me trouxe. Não vejo a hora de nos conhecermos pessoalmente.
    Eu acho até, que os nossos pequenos vão fazer a maior bagunça!
    Beijo grande

    Curtir

  5. Gabriela!!! Momás é do mesmo dia da Laura???? Do dia 20 de dezembro?
    =)

    Eles são uma loucura, não???? Jesus… que loucura insana…

    Me lembrei mto da Laura na parte em que grita horrores para abrir/fechar/sentar quando quer algo.

    Que delícia… fase gostosa….

    Adoro os seus textos!

    Beijos!

    Curtir

  6. Tomás é da idade do meu também, e ri demais aqui quando fui lendo seus “números” e comparando (coisa de mãe, mas sou do bem, tá? tô comparando mas não querendo igualar): meu bebê tem 79 cm! O que já é mais da metade da mãe dele… kkkk
    E tem 16 dentes na boca!!! kkkk
    Ontem até o pediatra ficou bobo quando viu… rs

    Como ler esse texto e não se apaixonar pelo Tomás?
    Eu virei mãe, e vi que todas as pessoas do mundo são filhas de alguém. Não importa que não sejam minhas! 😉
    Um abraço, Bia.

    Curtir

  7. Mãe é tudo igual mesmo, né? Davi chegou, já é a minha melhor parte, me fez mais feliz, trouxe de volta paixões antigas deixadas de lado. Acorda 30 vezes à noite. Mas o q é isso diante de tamanha felicidade? Adorei te ler! Voltarei com frequência!

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s