cartas ao tom, com açúcar com afeto, Da poesia da vida, gracinhas do tom

Carta ao Tom # 4 – Você faz três!

Querido Tomás,

Hoje você faz três.

O tempo, implacável como ele só, correu  rápido demais.

O tempo embaçou muitas memórias, aquietou outras mais.

Mas nunca apagou a memória mais viva e mais bonita:

a do dia em que você veio para meus braços de olhos bem abertos, bem escuros, e bem redondos.

Há três anos atrás.

Hoje eu bem que poderia dizer que te amo três vezes mais. Mas é que amor não cabe no vezes um, nem no vezes dois, e nem mesmo no vezes três. Amor, quer saber, não cabe no muitas vezes dez.

Amor cabe num lugar bem próximo do infinito.

E é desse tanto que você é amado. E um pouco mais além.

Nunca se esqueça disso, filho. Do nosso amor por você.

Parabéns, meu pequeno!

Anúncios

8 comentários em “Carta ao Tom # 4 – Você faz três!”

  1. Porque a gente é tudo boba e apaixonada pela cria….
    porque nossa vida mudou, a alma envelheceu, como nao aconteceria?….
    Ah se pudéssemos voltar atrás, talvez remediássemos alguma dor…
    Isso porque compreendemos o que realmente tem valor…
    Talvez o que nos falta é espaço para caber todo esse amor!!!

    Feliz Aniversário Tomás! Parabéns Gabi, pela mae e mulher incrível que você é!
    Beijos

    Feliz Aniver

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s