Da poesia da vida, Do cotidiano, Sem categoria

Das ausências

Hoje a Paula e o Felipe voltaram para o Brasil. Hoje ficou aquele vazio que fica quando alguém querido se vai.Vazio que demora dias, semanas, talvez alguns meses, para deixar de ser percebido.

Porque ausências, como bem sabemos, só podem ser preenchidas com as próprias presenças.

Hoje o dia está chuvoso. Hoje teve chá com pipoca, teve bolo de chocolate, teve muitos livros lidos na cama, teve muito brincar.

Tudo para distrair a falta, tudo para esquecer a ida.

Que coisa essa vida… uns sempre estão de partida.

DSC06027
DSC06038

Anúncios

6 thoughts on “Das ausências”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s