a vida é mais, antes de ser mãe eu não sabia que...

Vence na vida quem diz sim

não é a resposta padrão que recebo do meu filho. não é a resposta primeira, na ponta da língua. não é areposta que sai na lata, sem nem pensar. mesmo que venha seguido de um sim. é não pra quase tudo, é não em qualquer hora.

daí que eu parei de perguntar. pra que insistir numa estratégia que vinha se mostrando falida? passei a falar: ei tomás, vamos levar os seus amigos do banho para banheira? vaaaaaaamos!!! ei tomás, vamos levar seu teddy para tomar um ar no parque? eeeeeeeeeeeba! ei tomás, vamos fazer de conta que vamos comer num restaurante? ( e daí sirvo omelete com brócolis e arroz integral, mas né, a gente está num super restaurante). vaaaaaaaamos!

se dá certo sempre? claro que não!

falar não é com ele mesmo, mas pergunta se ele gosta de ouvir um não? não, nãogosta não. é que é chato mesmo ouvir não. ninguém gosta, né! gente pequena, gente grande, ninguém gosta. mas apesar de ninguém gostar, todo mundo sabe que receber sim pra tudo sempre, não é legal também.

pensando nisso, na chateação de ouvir um não, é que eu me vi matutando para os nãos que eu mesma andava dizendo para o meu filho. tem não que não abro mão; são os nãos dos limites claros, do respeito ao próximo, da segurança, do bem-estar. são os nãos que parecem ruins, mas na verdade fazem bem e corroboram para um sim da vida, talvez aqui, talvez láaaaa na frente. mas ainda assim, permanecem não. e ponto!

já outros…. por que não mudar para um sim? podemos ficar mais no parque? podemos comprar esse macarrão hoje? podemos voltar por aqui? na boa, o que poderia acontecer? atrasar um pouco o jantar, experimentar uma marca diferente, conhecer outro caminho?

se é fácil discernir um não não de um não sim? às vezes não, às vezes sim. mas vida de mãe e pai é assim: no fio da navalha sempre. tem horas que pendemos para um lado e acertamos, e tem horas que pendemos para outro e…. erramos. somos humanos, afinal.

daí que pensando nesse tudo de não, nese tudo de sim, nesse tudo de vezes sim, vezes não…. eu parei e reparei. o não do meu filho é quase sempre por contestação, esperando o limite. mas também é um não sincero, genuíno, dito quase sempre com um sorriso no rosto. é um não leve.

daí que eu não me lembro quando foi a última vez que eu disse um não com tanta leveza, com um sorriso no rosto, querendo dizer não de verdade. ou da últimamvez que eu disse sim querendo mesmo dizer sim, sorrindo, com leveza, convicta.

a gente leva uma vida entre sim e não, a toda hora, a todo momento. mas tem sim que era pra ser um não e tem não que bem que podia ser sim.

quando é que a gente esqueceu de dizer sim e não com o coração, feito criança pequena?  não sei. mas sei que com filho pequeno a gente tem oportunidade de repensar muita coisa e refazer tantas outras.

dizer sim quando me importo, de verdade. dizer não quando realmente passou dos meus limites. dizer não quando já estou satisfeita, cansada…

dizer sim pra parecer bonita? dizer sim pra ficar bem na fita? hum, meu filho nem sabe o que é isso.

e na dúvida entre o sim e o não, eu ficom com a pureza da resposta das crianças.

o não vou dizendo conforme a ocasião. afinal, sim e não tem a mesma duração quando falados.

eu digo sim pra lida. digo sim na dúvida, nas despedidas. eu digo sim pra vida.

porque eu acho que vence na vida quem diz sim pra ela. porque quem diz sim querendo dizer não, quase sempre perde.

tô certa, chico?

não louça, hoje você vai esperar. hoje eu resolvi dizer sim para o passeio primeiro.
não louça, hoje você vai esperar. hoje eu resolvi dizer sim para o passeio primeiro.
Anúncios

3 comentários em “Vence na vida quem diz sim”

  1. Linda, Gabi!!!
    Repito o que disse ontem: como aprendo com vc!!!
    Vc sempre me emociona e me faz refletir um monte!!
    Vou pensar muito em vc (e voltar muitas vezes pra reler esses posts) no crescimento da Cecília!!

    Obrigada!

    Beijo grande!

    Curtir

    1. Querida, quanta honra! Na verdade, eu aprendo com o Tom que sempre tem muito pra me ensinar :))! Bendito seja o dia em que disse para o Tomás, para a maternidade !!! Beijos nas duas

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s