Da poesia da vida, Do cotidiano, mundo afora

Ser estrangeira nesse mundo

Tom Jobim, certa vez numa entrevista, quando morava em Nova York, disse que poucas coisas tinham tanto gosto de Brasil como um café com queijo minas. Tom Jobim que tinha brasileiro até no nome, estava muito certo.

Hoje ao comer um queijo minas (que um mineiro que se mudou pra cá faz, e entrega em casa) com um café coado na hora, eu me transportei pra casa da minha vó Francisca (aka vó Chica), onde a mesa sempre estava posta com um bolo, um queijo fresco e outras iguarias mais. E era só eu chegar pra ela dizer “espera fia, que a vó vai passar um café sem açúcar pra você”.

Deu uma saudade danada de um tempo quando eu achava que a maioria dos desassossegos eram curados numa tarde, na casa de vó, comendo açúcar e ouvindo causos. De um tempo quando eu tinha certeza de que eu bateria asas para muito longe, mas que o que eu deixaria pra trás ficaria pra sempre guardado pra quando eu voltasse poder ser abraçado. De um tempo quando eu era criança na alma, e achava que podia ter tudo ao mesmo tempo e agora.

A vida ensina que se pode ter tudo, mas não tudo ao mesmo tempo. A vida ensina que fazer escolhas agiganta a alma. A vida nos faz chorar saudades que nem sabíamos qué sentíamos. A vida ensina a persistir não por orgulho besta, mas porque pra frente é só o que se tem. A vida ensina a se aquietar pra depois se chatear, até a gente aprender que no meio do caminho entre aquietar-se e chatear-se está o segredo da própria vida.

E quando eu penso que eu não pertenço a lugar nenhum, e quando eu me sinto mais estrangeira dentro de mim, eu me lembro do gosto daquele café, do gosto daquele queijo, dos cheiros daquela cozinha, do som da risada da minha vó, e então… e então eu volto pra casa. Porque “em todo lugar sou estrangeira, menos na minha casa”.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.