Da poesia da vida, mãe zen, mudança, palavras soltas ao vento, uk

Não se afobe, não, que nada é pra já

Eu sempre me pego embasbacada a observar a natureza a cada troca de estação.

A natureza vai, dia após dia, dando pistas de que algo maior está para acontecer. Ela o faz sem pressa, sem alarde, num processo sutil e ritmado. É tão sutil e tão de pouquinho em pouquinho, que temos a impressão de que dormimos verão e acordamos outono.

As árvores, as flores, os frutos e cia não se pensam, apenas confiam nos processos com a certeza dos resultados. No matter what. No matter when. Faça chuva ou faça sol, todo dia é dia de caminhar um bocadinho mais em direção ao destino final. Tudo tão harmônico e gentil que chega a me causar inveja.

Somos mais complexos que árvores, flores e frutos, mas compartilhamos de uma mesma natureza. E é tão curioso que mesmo sendo crucial para nosso desenvolvimento pleno, ignoramos, atropelamos, desmerecemos e diminuimos nossos processos (e também os processos alheios). Seja por ignorância, impaciência, impulsividade, imaturidade ou sei lá mais o que, simplesmente nos angustiamos frente às transições.

E há tanta beleza nos processos, há tanta beleza na mudança… Eu não queria que esse post virasse um post de auto-ajuda ou um coach post. Eu só queria era lembrar a mim mesma, que não adianta angustiar-se, nem tampouco apressar a vida, pois tudo acontece no seu próprio ritmo/tempo.

E que a beleza da vida está no processo. Viver é trabalhar processos. Um dia a gente dorme inverno e acorda primavera. Ou achamos que foi isso. Mas no fundo, no fundo cada um sabe do quão trabalhoso foi acordar primavera.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.